Você prefere ser rico ou pobre? – por Jordan Belfort

Você prefere ser rico ou pobre? – por Jordan Belfort

Pergunta estranha, não é? Quero dizer, quem realmente quer ser pobre. Ainda assim existem muitas pessoas pobres no mundo. E o que falar sobre o outro lado desta moeda? Será que todo mundo quer ser rico? Se a resposta é “sim”, por que tão poucas pessoas são verdadeiramente ricas?

Penso que tudo se reduz a algumas confusões que produziram crenças limitantes. Vou listar duas delas…

A primeira é que o dinheiro é algo ruim. Tudo bem, eu sei, alguns de vocês estão pensando: é o amor pelo dinheiro que é a raiz de todo o mal. E eu acredito que isso é verdade. Mas ao mesmo tempo, eu amo dinheiro! E eu não tenho vergonha de admitir isso! E eu sei que não sou uma má pessoa por pensar dessa forma.

Então, como eu posso amar o dinheiro e ao mesmo tempo concordar que o amor ao dinheiro é a raiz de todo o mal? O contexto é tudo, meus amigos. Maldade é elevar o dinheiro ao status de Deus. Quando você torna o dinheiro seu mestre, quando você se torna seu escravo, você entra na cova dos leões.

A próxima crença limitante é o assim chamado “argumento filosófico” contra a riqueza. Klerkegaard disse que preferia ter “senso passional de potencial” ao invés de riqueza. Um cara esperto e bem respeitado… Deve saber o que está falando, certo?

Earl Nightingale, autor do clássico trabalho de autoajuda “O Segredo Mais Estranho” e “Lidere o Caminho” disse, “uma biblioteca de sabedoria é mais preciosa do que toda a riqueza”.

Então, estavam esses dois caras felizes e sábios na pobreza? Sem chance! Kierkegaard vivia de herança e nunca teve que trabalhar um dia de sua vida. Nightingale ajudou tantas pessoas em suas sessões a se tornarem ricos de forma que ele não poderia se tornar outra coisa que não rico também.

Novamente, olhe para o contexto. Aquele senso passional de potencialidade que Soren Kierkegaard gostava tanto poderia ser melhor traduzido como sua visão! E como você pensa que serão suas chances de que com visão correta, você pode se tornar rico? Eu diria são bastante boas!

Ou que tal a clássica – dinheiro não pode comprar felicidade. Será que isso significa que você será mais feliz tentando achar duas moedas para esfregar ao invés te estar sentando num pote de ouro? Será que isso significa que o dinheiro é ruim ou que ele trará tormento? Escute… Se você é uma pessoa pobre angustiada, você será um homem rico e angustiado também.

Percebe onde estou indo com tudo isso? Ninguém está dizendo que visão, ou sabedoria ou até mesmo a felicidade deva ser procurado excluindo-se a riqueza. Eles são precursores à riqueza. Se você tiver uma visão que inspira outras pessoas, se você tiver alguma sabedoria consigo (ou um bom mentor na manga) e se você é geralmente uma pessoa feliz, você vai achar que é muito mais fácil se tornar rico. E quando você chegar lá você não terá qualquer arrependimento porque você saberá em seu coração que ganhou cada centavo de forma justa e honesta.

Para o seu sucesso!

Jordan Belfort

Artigo traduzido de forma livre a partir do original Would you rather be rich or poor?

Você sabia que o Jordan Belfort, o Lobo de Wall Street, vai estar no Brasil?

BAIXE NOSSO EBOOK GRÁTIS

PLANEJAMENTO FINANCEIRO PESSOAL

Neste e-book você terá acesso às melhores práticas para se planejar financeiramente. Do controle de contas a aprender como entender e controlar as despesas fixas e variáveis, passando por como definir prioridades e identificar gastos supérfluos, que podem comprometer o orçamento.

BAIXE O EBOOK AGORA
By |2018-12-03T23:54:57+00:0017 de abril de 2015|Educação Financeira, Sucesso Financeiro|