Superando o medo de falhar

Alguma vez você já deixou de fazer algo que queria por medo de falhar? Bem possivelmente sim. Esse receio que temos de que não vai dar certo costuma ser um bloqueador das nossas iniciativas.

Isso não é nada legal pois impede que estejamos dispostos a enfrentar o desconhecido para alcançar nossos objetivos.

Mas de onde será que vem esse medo?

Uma das razões são as nossas experiências passadas que não deram certo. Você falhou antes, foi um gosto amargo de engolir e agora está com medo de falhar novamente.

Acontece que falhar uma vez não necessariamente significa que você vai falhar novamente no futuro.

Veja uma criança, por exemplo. Ela não tem medo de falhar. Quando está aprendendo a caminhar se levanta e cai diversas vezes.

Se as primeiras vezes que tentou caminhar e não conseguiu fossem o suficiente para deixá-la com medo de falhar novamente ninguém caminharia.

A cultura da aversão à falha

Mas como então que quando somos crianças temos menos medo e quando nos tornamos adultos passamos a ter aversão a falha? Em grande parte, isso se deve a uma questão cultural.

Crescemos acreditando que o legal é vencer e ser bem-sucedido e que falhar e perder é feio. Os esportes estimulam muito esse comportamento.

Chacotas do vencedor contra o perdedor tem muita força no futebol por exemplo.

Mas será que devemos levar isso pra vida?

A grande verdade é que não é uma boa. Falhar faz parte do cotidiano. A única forma de vencermos é tentando, tentando e tentando mais muitas outras vezes até conseguir.

A falha naturalmente fará parte desse processo. Voltando a analogia do futebol, um time só consegue vencer depois de tentar outras vezes e ter que engolir algumas derrotas.

Não faria sentido desistir do campeonato na primeira derrota.

Aprenda a ressignificar

A vida é mais ou menos assim. Precisamos ressignificar a palavra falha por aprendizado. Falhar é aprender.

Cada vez que falhamos, aprendemos mais um pouco, nos tornamos mais preparados, mais experientes e, por consequência, mais próximos de vencer na próxima tentativa.

As falhas devem ser bem-vindas na nossa vida. Não com o significado de perda, mas com o significado de ganho em preparação e experiência.

Dificilmente se acerta da primeira vez e ninguém nem acerta sempre. Se você olhar para toda pessoa que teve grandes conquistas na vida, certamente ela poderá elencar inúmeras falhas que aconteceram ao longo do caminho da vitória.

Por isso, muito cuidado para não menosprezar a sua capacidade de vencer. O caminho para a conquista não é linear. Às vezes damos um passo atrás para poder dar dois passos à frente.

Vencer exige aceitar a falha como uma parte importante e bem-vinda do processo. Então não deixe de fazer o que quer por medo de falhar.

Melhor pensar: “Não deu certo ótimo. Já sei uma forma que não funciona. Agora deixa eu tentar outra.”

E assim tocar em frente. Com trabalho, força de vontade e persistência a vitória vai chegar.

Grande abraço!

Juan

Sobre o autor:

Juan O’Keeffe é empreendedor, bacharel e mestre em Administração de Empresas, possui vasta experiência no mercado corporativo em empresas multinacionais de grande porte e escreve sobre desenvolvimento pessoal no seu blog www.evolucaopessoal.com.br.

BAIXE NOSSO EBOOK GRÁTIS

MAIS CLIENTES PARA O SEU NEGÓCIO

Se por um lado as redes sociais são ótimas formas de se divertir, elas também são peças-chave para um marketing digital de qualidade. Não à toa, cada vez mais empresas marcam presença nas principais redes sociais de modo a conseguir mais clientes. Mas você sabe que mesmo sendo um profissional liberal você também pode se aproveitar o uso dessas redes?

BAIXE O EBOOK AGORA
By |2018-12-02T00:31:09+00:0030 de novembro de 2018|Autoconhecimento|