15 49.0138 8.38624 arrow 1 arrow 0 4000 1 0 horizontal https://professoresdosucesso.com.br 300 0 1
theme-sticky-logo-alt
Please assign a Header Menu.
27 de julho de 2015

Desfile De Vaidades, Inscrições Abertas

Desfile De Vaidades, Inscrições Abertas

Muito se fala em fórmulas infalíveis para o sucesso, ganhar dinheiro, ter prosperidade, ser empreendedor… Então, como já temos muitos gurus falando sobre tais assuntos, pensei em falar um pouco sobre os maiores motivos para um negócio não ir para frente e, neste momento, abro as inscrições para o grande desfile de vaidades…

Ele acontecerá dentro das empresas onde seus sócios disputam poder e precisam estar sempre no enorme tapete vermelho, diante dos flashs das câmeras ou nas melhores postagens das redes sociais mais próximas de você.

As inscrições estão abertas, mas não podemos permitir que todos participem, então escolhemos um conjunto de qualidades e só se você possuir todas, poderá concorrer à faixa vermelha que será colocada no peito do vencedor… Estou falando da faixa Miss Vaidade 2015, aquela que ganhamos quando não sobra nada de uma empresa… Mas o importante é o título que restará e isso já basta para alimentar… Alimentar o ego.

Você precisa saber de tudo e querer que sua palavra seja a última, precisa também querer mandar e acreditar que uma empresa tem 2 lados o seu e o dos outros, como se tudo aquilo não fosse seu… Exigimos que o candidato acredite 100% que consegue transmitir a imagem de cordeirinho mas que seja o verdadeiro lobo, e poderá ser aprovado na hora. Os candidatos que conseguirem manipular tudo e todos, quem sabe, conseguirão convencer os jurados que nem precisam desfilar, pois são merecedores de tal prêmio.

Tenho 38 anos, sou casado e tenho filhos.

Sou Hipnoterapeuta com várias formações internacionais e, ao longo da minha carreira, descobri que várias vezes briguei, com todas as minhas forças, para concorrer à vaga de idiota do ano. Ops, desculpa! Eu disse idiota? Bom, acho que não adianta eu ficar dando voltas se eu realmente me sentia a estrela principal e depois percebi que era um idiota que achava que o tapete vermelho deveria estar sempre estendido para quando eu decidisse passar…

A vida me trouxe marcas, cicatrizes que nem mesmo a melhor cirurgia plástica vai conseguir encobrir, dores que ainda me atormentam entre um sonho e outro.

Ter lutado para conquistar o prêmio Miss 2010, Miss 2011, Miss 2012, Miss 2013, Miss 2014, não me fez chegar em primeiro lugar, mas em último, mas último mesmo… Lá no final da fila onde fazemos pares com pessoas confusas, indecisas e que nem sabem o que estão a dizer ou defender.

O problema de permitir que a vida o coloque em tal posição é que ali conhece pessoas que estão na mesma sintonia que você, na mesma frequência energética e que duvido muito que sabem o que querem realmente.

Hoje tenho uma vida consciente e penso muito sobre este desfile de vaidades, onde a única coisa que ganhamos são alguns minutos de falsa fama para alimentar um ego doente e insaciável, que precisa de cenas como esta para alimentar sua doença.

Não tenho dúvida que regredi alguns anos de minha vida. Nenhuma dúvida.

Mas a questão é que eu tinha todos os motivos para ficar deitado em um sofá assistindo televisão e culpando outras pessoas pela bagunça que minha vida se tornou, mas como culpar o vento se eu deixei a janela aberta?

O interessante é que hoje vejo, através das atitudes de outras pessoas, as mesmas cenas que vivi e penso mesmo, porque preciso reviver tais momentos? Mesmo estando em outra posição neste grande espetáculo que chamamos de vida, porque estou vendo o mesmo desfile de vaidades?

Eu, e apenas eu, penso que existe algo que não aprendi em minhas experiências anteriores e que preciso ainda aprender… Depois de brigar, levantar a voz em alguns momentos e até lutar contra os fatos, percebo que a melhor atitude que posso ter é mergulhar…

Mergulhar profundamente na questão e aprender como as águias, quando em dia de tempestade, mergulham dentro dela e aprendem a voar melhor.

Mas a questão que trago aqui é se você consegue perceber estas cenas em sua vida? Consegue parar tudo por um momento e reconhecer que errou ou que está envolvido num processo doentio, com o qual precisa aprender de alguma forma e, com isso, subir um degrau em sua vida?

Talvez neste momento, neste exato momento você esteja atravessando um momento difícil e “nem quer pensar nele” ou está colocando-o nas costas da pessoa mais próxima para não carregar consigo esse fardo, mas a pergunta que não quer calar é:

– Tem certeza que precisa adiar isso?

Acredita mesmo que desta maneira está resolvendo as coisas e vai ter paz por muito tempo? Ou acredita que a paz temporária é o suficiente para resolver toda uma história?

Pessoas buscam tomar uma aspirina para aliviar uma dor mas evitam procurar um médico para compreender a origem e, “se” descobrem que ali existe um problema mais grave, aí é que evitam tratar / resolver o problema.

É mais fácil buscarmos desculpas em palavras tão lindas que parecem um poema do que enfrentar a realidade, abaixar a cabeça por alguns minutos e assumir nossos erros.

A vida me ensinou a assumir meus erros, a não ser desonesto comigo mesmo e não mergulhar em sonhos que não possam ser realizados mas, pelo que percebo, a vida ainda não me ensinou tudo… Percebo que tenho muito para aprender e preciso estar atento a tais experiências, pois são elas que vão elevar meu padrão, meu aprendizado, minhas habilidades em ajudar…

Desta vez não vou fazer a inscrição para o Miss Vaidade 2015, mas isso não significa que não vou aprender com aqueles que estão disputando, entre cotoveladas, o primeiro lugar…

Espero que, você que leu este artigo até o fim, compreenda que tudo é mais profundo do que qualquer coisa que possa ler sobre este assunto…

Podem ser apenas palavras insignificantes para alguns, indiretas para outros ou uma reflexão a ser seguida por alguém.

A minha intenção é somar, compartilhar artigos baseados na realidade, na minha experiência de vida, na experiência de meus clientes…

Não crio histórias com finais felizes, relato fatos reais com momentos felizes!

Nos vemos no próximo e, até lá, respire…