Como realizar o planejamento financeiro para um intercâmbio?

51291-como-realizar-o-planejamento-financeiro-para-um-intercambio

Fazer um intercâmbio está nos planos de muitas pessoas que desejam aperfeiçoamento profissional e novas experiências culturais.

Conhecer culturas, explorar lugares fantásticos, conhecer a gastronomia e participar de inúmeros eventos interessantes são planos de quem está pensando em fazer um intercâmbio.

Sendo assim, para te ajudar no planejamento financeiro para intercâmbio, selecionamos algumas dicas importantes sobre o assunto. Continue a leitura deste post e saiba mais!

Faça uma checklist com os principais gastos

Não ser pego de surpresa implica estar atento a todos os detalhes. Ao planejar sua viagem internacional, estes 16 itens precisam constar na sua checklist de gastos:

  • Passaporte
  • Visto
  • Taxas
  • Gastos com agência de viagens
  • Passagens
  • Transporte
  • Plano de saúde
  • Medicamentos
  • Seguro
  • Moradia
  • Refeições
  • Gorjetas
  • Despesas pessoais
  • Estudo/curso
  • Lazer/turismo
  • Presentes

Independentemente do lugar para onde você vá viajar, esses itens precisam ser lembrados, na medida em que compreendem as principais despesas de um intercâmbio.

Saiba o melhor momento e o melhor lugar para trocar moeda

Uma vez que as cotações variam diariamente, é imprescindível pesquisar preços e, assim, optar pela melhor cotação do momento.

Os melhores lugares para negociação ainda são as casas de câmbio, pois, além de oferecerem melhores opções, não cobram taxas adicionais, diferentemente dos bancos.

Uma dica: as casas de câmbio localizadas em aeroportos oferecem condições de negociação menos favoráveis que as casas de câmbio locais, mas podem ser uma boa opção para você não chegar no país sem nenhum dinheiro.

Entenda as vantagens do dinheiro e do cartão

Muitos intercambistas de primeira viagem ficam em dúvida quando o assunto é dinheiro ou cartão. O que está em questão nessa relação são, essencialmente, as taxas e a comodidade de cada modalidade de pagamento.

Compras via cartões de créditos são tarifadas em pouco mais de 6% de IOF (Imposto Sobre Operações de Crédito, Câmbio e Seguros). Por outro lado, oferecem mais comodidade nas transações.

Cabe ficar atento ao fato de que, para essas transações, a cotação de moeda utilizada é a do dia do fechamento da fatura, e não a do dia de realização da compra.

As transações feitas em dinheiro também são tarifadas em IOF — no momento do câmbio —, mas a taxa é em torno de 1%. Há, porém, riscos associados ao dinheiro em espécie, como perda e assaltos.

Além disso, valores em espécie que sejam superiores a 10 mil reais necessitam ser declarados à Receita Federal.

Economize na compra de passagens aéreas

A compra com antecedência é a principal iniciativa para se conseguir melhores preços nas passagens. Pesquisar preços e aproveitar promoções, nesse caso, também pode baratear a compra.

Além disso, se o objetivo é economizar na compra de passagens, outra opção é escolher datas mais econômicas, como meses de baixa temporada e dias da semana com menos movimento.

Companhias aéreas oferecem condições de descontos especiais para estudantes que comprovem estar matriculados em instituições no exterior — em cursos de idioma, por exemplo. Apesar de pouco divulgada pelas empresas aéreas, essa condição especial para estudantes contribui ainda mais para diminuir os gastos com a viagem.

Planeje-se para as atividades corriqueiras do seu intercâmbio

Após desembarcar, atitudes simples farão a diferença na hora de contabilizar os gastos da sua viagem. Sendo assim, procure economizar em atividades simples do dia a dia.

Determine um valor de gastos diários e procure não ultrapassá-lo. Se o seu intercâmbio for vinculado a alguma escola de idioma, providencie a carteira internacional de estudante, pois ela te dará descontos em atividades de lazer, como visitas culturais, por exemplo.

Se possível, leve lanches aos eventos externos ou faça refeições em estabelecimentos mais econômicos. Dependendo do país, é possível inclusive fazer uso de ciclovias para gastar menos com transporte.

O planejamento financeiro para intercâmbio é assunto da mais alta importância, e por isso, merece atenção especial, principalmente de quem nunca viajou para o exterior.

No entanto, tão importante quanto planejar as finanças para um intercâmbio é preparar-se financeiramente para a vida.

Foi pensando nisso que criamos o e-book Planejamento Financeiro Pessoal, que oferece dicas práticas para que você assuma definitivamente o controle de seu dinheiro. Faça o downloadgratuito e comece agora mesmo a vislumbrar um novo patamar financeiro!

BAIXE NOSSO EBOOK GRÁTIS

PROSPERIDADE FINANCEIRA NA PRÁTICA

O guia "Prosperidade Financeira na Prática" vai ajudar você a se livrar das dívidas, ajustar o orçamento e conquistar prosperidade financeira.

BAIXE O EBOOK AGORA

By | 2017-01-29T18:09:34+00:00 30 de Janeiro de 2017|Educação Financeira, Sucesso Financeiro|