15 49.0138 8.38624 arrow 1 arrow 0 4000 1 0 horizontal https://professoresdosucesso.com.br 300 0 1
theme-sticky-logo-alt
Please assign a Header Menu.
26 de junho de 2015

Ansiedade – Como controlar esse transtorno

Ansiedade – Como controlar esse transtorno

Ansiedade – O bicho-papão da harmonia humana

A ansiedade é uma propriedade humana de sentir algo ou ansiar algo que ainda nem chegou para a sua vida, tampouco aconteceu. E esse processo acontece por meio da emoção.  Você começa sentir algo que ainda não existe, mas a sensação provocada no corpo e na alma passa a ser real.

Com o tempo e com o hábito de ansiar por coisas, acontecimentos e situações, a pessoa passa a viciar-se na ansiedade, que ocorre desde pequenas coisas ou situações pequenas, como por acontecimentos de maior porte.

A vida moderna estimula a ansiedade

Vivemos em um mundo agitado, competitivo, cada vez mais populoso e menos natural. O resultado é que a mente humana começa a perder os momentos de descanso. Uma vez que a mente não desacelera, a ansiedade é alimentada intensamente, a ponto de que a maioria das pessoas já nem sabe mais como é viver uma vida sem esse sentimento.

Muitas doenças começam com a ansiedade

Como a ansiedade gera uma profunda alteração psíquica na pessoa, todos os seus sentidos ficam afetados, a harmonia e o centramento perdem-se. Com isso a imunidade cai e as doenças podem surgir. Além do mais, traços negativos de personalidade começam a surgir, como, por exemplo, o medo, a intolerância, a irritação, a violência, entre outras.

Transtorno de ansiedade

Podemos definir de várias formas, contudo, pode-se entender transtorno de ansiedade quando o sentimento governa o indivíduo e provoca profundas manifestações negativas.  Em outras palavras, a pessoa não consegue mais controlar a ansiedade, mas a ansiedade que controla ela.

Sintomas da Ansiedade

Via de regra podemos considerar dois tipos básicos de ansiedade. Um é aquela mais comum do dia a dia, como ansiedade para sair do trabalho ou para ir almoçar. Ansiedade ao frequentar uma fila ou coisa do gênero.

Outro tipo de ansiedade é aquela que realmente domina a pessoa e os seus estados de espírito e que também a impede de viver uma vida em harmonia.  Como já falamos anteriormente, esses são os chamados transtornos de ansiedade.

Os sintomas mais básicos da ansiedade são:

  • Preocupações, tensões, medos exagerados e dificuldade para desligar dos fatos ou relaxar;
  • Sensação constante de que algo está para acontecer, e , via de regra este acontecimento é ruim;
  • Preocupações exageradas com saúde, dinheiro, família ou trabalho;
  • Medo extremo de alguma coisa ou situação específica;
  • Medo exagerado de ser humilhado publicamente, passado para trás, traído ou magoado;
  • Falta de controle sobre pensamentos ou atitudes;
  • Falta de tempero emocional;
  • Reação emocional desproporcional aos fatos;
  • Falta de harmonia para lidar com situações rotineiras, transformando-as em bixo-papão sem motivo.

Como controlar a ansiedade

Existem muitas formas indicas e possíveis de se tratar a ansiedade disponível no mundo, contudo, eu preciso lhe dizer que em minha opinião, o verdadeiro tratamento é o que aborda as verdadeiras causas, ou seja, o que tem visão holística.

Se você não compreender o ser de forma holística, ou seja, com a visão do todo (causas físicas, emocionais, psicológicas e espirituais), certamente vai cometer um erro grave ao determinar o melhor tratamento.

Uma coisa é fato: ansiedade é uma manifestação das emoções, por isso está associada a alma e a consciência do ser. Por isso, o tratamento ideal deve consolidar uma abordagem intensa na alma da pessoa.

Nesse contexto podemos encontrar a meditação, as terapias naturais como Reiki, Fitoenergética, Cromoterapia, Yoga, entre outros, um caminho seguro para o encontro consigo mesmo e a cura da ansiedade de forma consistente.

Ansiedade generalizada

Por todo o tempo que atendi em consultório e as mais de 3.000 consultas que já realizei com terapia holística, eu pude perceber um padrão consistente nos casos de ansiedade generalizada ou transtornos de ansiedade. É que esses males surgem mais intenso e frequentes em pessoas que não estão vivendo a sua missão de vida.

Não viver a sua missão

Não viver a sua missão, não realizar o seu propósito, viver por viver, trabalhar por trabalhar tem se mostrado a maior e mais impactante causa de todos os males.

Sintomas de estresse

O estresse também está associado a perda de prazer pelas atividades diárias e principalmente pelo trabalho. Esses sentimentos então surgem com mais intensidade e frequência nas pessoas que não reconhecem em suas atividades principais uma forma de manifestar a missão de suas almas.

Nervosismo

Da mesma forma, o nervosismo pode tornar-se mais acentuado e mais vivo em pessoas que não se encontro realizadas com a vida que vivem e por isso não  encontram seu lugar no mundo.

Você precisa ser o que nasceu para ser, precisa aprender a seguir o caminho do seu coração e trabalhar com atividades que lhe deem prazer na maior parte do tempo.

O ser humano está despertando e percebendo que não basta trabalhar para colocar dinheiro em casa, mas para realizar-se nas atividades profissionais.

Tão importante quanto viver bem financeiramente e materialmente é viver fazendo o que se gosta, o que se tem prazer.

Haja o que houver, procure sempre desenvolver suas habilidades que estejam associadas aos seus dons e paixões, porque dessa forma os potenciais da sua alma serão despertados, a sua imunidade vai te fazer uma pessoa mais saudável e a ansiedade não ganha vida na sua alma.

Esse é o ponto!

Viva a sua missão!

Quando você encontra a sua missão, a prosperidade, a felicidade e a saúde encontram você!

Um abraço!

Bruno J. Gimenes

PS.: Se você quiser saber mais sobre a importância de conhecer e viver a sua missão de vida, separe 15 minutos para assistir o vídeo 7 Erros De Quem Não Consegue Encontrar Sua Missão