15 49.0138 8.38624 arrow 1 arrow 0 4000 1 0 horizontal https://professoresdosucesso.com.br 300 0 1
theme-sticky-logo-alt
Please assign a Header Menu.
A única coisa que não muda é a mudança
27 de março de 2013

A única coisa que não muda é a mudança

[fusion_builder_container hundred_percent=”yes” overflow=”visible”][fusion_builder_row][fusion_builder_column type=”1_1″ background_position=”left top” background_color=”” border_size=”” border_color=”” border_style=”solid” spacing=”yes” background_image=”” background_repeat=”no-repeat” padding=”” margin_top=”0px” margin_bottom=”0px” class=”” id=”” animation_type=”” animation_speed=”0.3″ animation_direction=”left” hide_on_mobile=”no” center_content=”no” min_height=”none”]

A única coisa que não muda é a mudança

A única coisa que não muda é a mudança

Com frequência vejo pessoas conversando sobre como as coisas mudam rápido. Pelo olhar delas, a vida tem mudado freneticamente nos últimos tempos e isso é ruim.

E você? Como você enxerga a mudança?

Caso você também seja uma dessas pessoas que ainda acreditam que um dia as coisas vão parar e mudança cessará, é bom começar a pensar diferente.

A única coisa que não muda é a mudança.

Não tem jeito. É melhor render-se a este fato.

Tudo o que nos rodeia é baseado em ciclos. Dia e noite, inspirar e expirar, dormir e acordar, as estações do ano, o próprio passar do ano etc. Estamos sempre em constante mudança.

Nenhum estado é eterno. Seja ele bom ou ruim.

E como isso pode afetar a nossa vida?

Quando mantemos a percepção de que algo no passado foi bom, deixamos de valorizar as coisas boas que temos no presente. Um bom exemplo para isso é escutar as pessoas mais velhas falando coisas do tipo “no meu tempo..” ou “a vida era muito melhor quando eu…”. Ao afirmar isso, deixamos de agradecer ao que temos hoje, agora. Deixamos passar as situações presentes que são tão boas, ou até mesmo melhores, do que aquelas que estão no passado. Criando assim um sentimento de saudosismo e apego a algo que já passou. Podemos dizer que, até certo ponto, estamos negando o presente e nos recusando a acreditar que ele mudou. Ou seja, negando a própria mudança.

Abrace a mudança. Seja amigo de novas formas de fazer as coisas. Tenha coragem para enfrentar novos processos. Afinal de contas…

Faça algo que você nunca fez e experimente sensações que você nunca sentiu.

Tudo está sempre em constante modificação. Você não é a mesma pessoa que era ontem. Com certeza alguma coisa mudou em você de ontem para hoje. Pode ter sido uma visão mais otimista do mundo, um novo aprendizado, uma nova frase, um novo corte de cabelo, alguns gramas a menos. O mais importante é aprender a conviver com a mudança. É saber que tudo muda e tudo continuará mudando. Sempre.

Transformando-se

Até mesmo a pedra não será para sempre uma pedra, mas apenas o que “parece ser sempre uma pedra”. Antes de o ser, era outra coisa. Fossilizou-se naquela pedra, através de um processo que durou centenas de milhares de anos. Um dia foi outra coisa, e o será de novo.

Pergunta: O que você mudou de ontem para hoje? O que vai mudar intencionalmente hoje?

Forte Abraço,

André Cruz[/fusion_builder_column][/fusion_builder_row][/fusion_builder_container]