Saiba como atrair clientes utilizando as redes sociais

Saiba como atrair clientes utilizando as redes sociais

As redes sociais precisaram de pouco tempo para cair nas graças dos internautas ao redor do mundo. Isso fez com que elas se tornassem uma ferramenta praticamente obrigatória para empresas que desenvolveram estratégias de como atrair clientes. O Facebook, por exemplo, é um ótimo parâmetro para verificar a adoção dessas mídias pelas empresas — de acordo com um estudo realizado pela Tracto em 2015, 97% das empresas que fazem comunicação on-line, se promovem na plataforma.

Dentre tantos cases de sucesso envolvendo as redes sociais, o que explica as histórias de fracasso de empresas que fizeram um esforço enorme para conseguir espaço no marketing digital e não tiveram o retorno esperado? Eu explico! Falta de planejamento é a resposta.

Quando faltamos com planejamento, acabamos correndo o risco de investir em estratégias que não venham a cumprir as metas, o que por si só já implica em desperdício de tempo. A tendência é ainda pior quando se persiste no erro, gerando aquele grande desgaste que leva uma empresa à desistência.

Mas saiba que sua empresa não está desamparada! Estou aqui para te ajudar. Para que você possa dar início a campanhas de sucesso nas redes sociais, atraindo um maior número de clientes, acompanhe as dicas a seguir.

Escolha a rede social mais adequada para o seu negócio

A questão aqui não é dizer qual a melhor rede social para empresas atuarem, mas sim de orientá-lo a fazer uma escolha mais segura. É preciso levar em conta que cada mídia social tem suas peculiaridades, portanto, sites como Facebook, LinkedIn, Twitter e Instagram, por exemplo, devem ser tratados de maneira distinta para os negócios.

O LinkedIn, rede voltada para empresas e profissionais, gera mais resultados a empresas B2B (business to business, ou comércio entre empresas). Já o Instagram é mais indicado para vendas direcionadas a consumidores finais, enquanto o Facebook é abrangente, relevante para todo tipo de comércio.

Filtre os bons indicadores

É muito comum que empresas utilizem indicadores de redes sociais como parâmetro. Porém, devemos compreender que as curtidas não têm o mesmo peso, e que um compartilhamento pode significar muito, pouco ou absolutamente nada!

Precisamos enxergar as redes sociais como um grande elo entre clientes e as outras plataformas utilizadas pela empresa. Isso significa que os principais indicadores das redes sociais devem ser aqueles que geram ações no site da empresa, ou o que estiver sendo colocado como CTA (call to action, ou chamada para ação). Portanto, é fundamental que os CTAs sejam bem explorados e que os resultados sejam medidos com base nisso.

Use as redes sociais como um canal de relacionamento

As pessoas que se encontram nas redes sociais podem estar ali por várias razões, seja para manter e estabelecer contato com outras pessoas ou ficar por dentro de informações e notícias. Dificilmente o objetivo delas será fazer compras.

Uma página que adote como principal estratégia a publicação de anúncios, dificilmente terá vida longa na internet, uma vez que o risco de perder seguidores tende a crescer conforme a empresa não ofereça algo de grande relevância.

Como mencionei anteriormente, as redes devem ser vistas como um meio de interação entre o cliente e as plataformas que uma empresa utiliza. Então, passa a haver uma necessidade de ser atrativo, de convencer seu público que ele terá uma grande vantagem ao seguir a sua página.

Se o produto em questão é conteúdo — um podcast, por exemplo —, o Facebook pode servir para atrair novos clientes para o site, ser um canal para que os fãs recomendem a assinatura do serviço ou até mesmo para prestar esclarecimentos, mas nunca para tentar convencer pessoas a comprar o seu trabalho por meio de anúncios com preços.

Produza imagens impactantes

Os infográficos, assim como as imagens e os vídeos — quando bem selecionados —, causam um impacto maior sobre as pessoas. Isso porque o conteúdo visual desperta a nossa atenção muito antes de um texto. No caso dos infográficos, como o próprio nome diz, o conteúdo precisa ser claro e informativo para que a persona aprenda interpretando a figura.

Você sabe em que situações um infográfico pode ser útil? Lembre-se das aulas de ciências e biologia, lá nos tempos de escola, em que cada aluno precisava visualizar as figuras contidas nos livros didáticos para entender o funcionamento de um órgão. Isso é, as figuras tornavam o conteúdo mais esclarecedor e interativo. O mesmo vale para a relação entre os infográficos e o processo de fabricação do produto que a empresa comercializa, por exemplo.

Interaja com o público constantemente

Vamos supor que você tenha uma hamburgueria que vem crescendo muito na região. A marca está presente nas redes sociais e um cliente, que muito aprecia os lanches, tuitou uma crítica sobre ter recebido, na sua loja, um refrigerante sem gás.

Tudo o que esse cliente quer é uma posição do seu estabelecimento, sentir que foi ouvido e que sua opinião é importante. Contudo, desculpar-se com o cliente e oferecer a ele um cupom com desconto no próximo refrigerante que ele consumir na hamburgueria seria dar um passo adiante e, com isso, você subiria no conceito desse e de outros consumidores.

Esse exemplo serve para enfatizar a importância de manter um bom nível de interação com o público, seja para solucionar um conflito, tirar dúvidas ou simplesmente com ações personalizadas.

Sendo assim, monte uma boa equipe para monitorar os perfis nas redes sociais e prestar um atendimento de qualidade — sobretudo eficaz e mantendo a cordialidade — para construir essa relação com os clientes.

Crie o perfil on-line de acordo com o da empresa

Por mais que a informalidade esteja presente na maioria das interações entre grandes marcas e seus seguidores, é importante estabelecer alguns limites quanto a isso. Uma empresa B2B que vende soluções em TI não deve interagir da mesma forma que uma loja que vende skates, por exemplo.

Além do público-alvo desses empreendimentos ser completamente diferente, seria comprometedor dirigir-se a outras empresas da mesma forma que a Coca-Cola se dirige ao público jovem. Em suma, cada marca tem que permanecer fiel às suas características, independentemente do ambiente em que se encontra.

Defina o tempo de cada processo

Se a sua empresa promete dedicar esforços 24 horas por dia para prestar atendimento, ela deverá cumprir com a própria palavra. No entanto, estar nas redes sociais não significa ter que atender ou responder comentários a qualquer hora do dia, nem mesmo fazer uma publicação atrás da outra.

Faça uma programação “definitiva” para tomar suas ações. Assim, as pessoas serão muito mais tolerantes quanto a prazos, e também saberão quando um novo conteúdo será postado. Uma página bem organizada e impecável nos quesitos de comunicação é essencial para atrair novos clientes.

Gostou das dicas? Deixe seu comentário!

BAIXE NOSSO EBOOK GRÁTIS

MAIS CLIENTES PARA O SEU NEGÓCIO

Se por um lado as redes sociais são ótimas formas de se divertir, elas também são peças-chave para um marketing digital de qualidade. Não à toa, cada vez mais empresas marcam presença nas principais redes sociais de modo a conseguir mais clientes. Mas você sabe que mesmo sendo um profissional liberal você também pode se aproveitar o uso dessas redes?

BAIXE O EBOOK AGORA

By | 2017-01-02T11:59:36+00:00 31 de julho de 2016|Empreendedorismo, Sucesso Profissional|