O que negociação e vendas têm a ver com nossa vida pessoal?

O que negociação e vendas têm a ver com nossa vida pessoal?

Todos nós, em nossas vidas, vendemos e negociamos, você concorda?

Se você é casado ou casada, já se “vendeu” para sua esposa ou marido. Se você namora ou já namorou, já “negociou e se vendeu” para seu namorado ou namorada. Se você hoje trabalha em uma empresa, você já “negociou e se vendeu” para a empresa e a empresa “comprou” você.

O que quero dizer com isso?

O tempo todo estamos nos relacionando com as pessoas a volta e, em relacionamentos, o que mais tem é negociação. Se você tem um ótimo relacionamento no trabalho ou familiar é sinal que sabe negociar muito bem e chegar em um consenso do que é o melhor para todos. Da mesma forma, você também sabe vender muito bem o que considera importante para você.

Esta é nossa vida: comprando, vendendo e negociando ideias, conceitos, significados, crenças e valores.

Pensando nisso, abaixo temos algumas dicas simples de serem aplicadas no dia a dia para transformar nossas relações seja com amigos, cônjuges, familiares ou colegas de trabalho em algo bom para todos.

1) Separe o problema da pessoa

Não combata as pessoas que ama, trabalhe as ideias e os comportamentos, faça perguntas ao invés de julgamentos:

  • Como nós dois podemos nos adaptar a isso de forma a ficar confortável para os dois lados?
  • O que posso melhorar no meu comportamento para ajudá-lo a se sentir melhor?

2) Foque nos interesses

Precisamos cuidar para que os interesses essenciais dos envolvidos sejam atendidos. Atender só os meus interesses ou da outra pessoa, fatalmente, em médio e longo prazo, leva ao fracasso da relação;

A minha relação está equilibrada? O que posso fazer para leva-la para o equilíbrio?

3) Beneficie a todos os envolvidos

Quais os benefícios que você está levando para sua família? Esses benefícios são percebidos por eles? Quais os benefícios que quer trazer para sua vida? Você está buscando isso sem passar por cima dos interesses de ninguém?

4) Em primeiro lugar, cuide bem das relações que já tem.

Quantas vezes estamos focados em relacionamentos novos, seja de que tipo forem, ao invés de cuidar dos que já temos?

Se os seus relacionamentos atuais não estiverem bem, provavelmente você levará os erros para os relacionamentos seguintes. Por isso, ao invés de se concentrar em mudar de marido, mudar de namorado, mudar de emprego, antes de tudo, foque-se em fazer o melhor que pode na relação que já tem e ter certeza que fez o máximo que podia e que aprendeu as lições importantes. Negocie também com você mesmo ao invés de querer apenas negociar com os outros;

5) O importante não é o que você faz, mas sim a resposta que obtém com o que faz.

Você pode achar que fez a melhor coisa do mundo para seu companheiro ou companheira, mas se ele ou ela não perceberem dessa forma de nada adianta. Por isso, seja sempre flexível para alterar seu comportamento e suas ações tendo como base os feedbacks que as pessoas lhe dão, sem jamais perder sua essência;

6) Seja determinado e paciente

As grandes construções são feitas tijolo por tijolo. Da mesma forma, os grandes relacionamentos são feitos com atitudes simples diárias. A melhor forma de “vender a saúde” para alguém que ama, é ser a saúde. A melhor forma de “vender a importância do amor” para quem você ama é ser o amor. Faça primeiro sua parte antes de cobrar a parte do outro;

7) Conheça as pessoas que estão ao seu redor

Você realmente conhece seu marido / esposa? Você sabe o que o deixa feliz? Quais suas preferências?

Você conhece seu pai, sua mãe, seus amigos? O que é importante para eles?

Faça, sempre que possível, o que for importante para as pessoas que ama. Essa atitude, naturalmente, faz as outras pessoas procurarem fazer o mesmo por você.

8) Conheça você mesmo

E por último, mas fundamental, conheça você, suas necessidades, seus interesses, suas crenças, seus valores, seus significados. Escolha mudar o que incomoda, escolha fazer diferente e perceba que, quanto mais transforma sua vida, mais transforma suas relações. Quanto mais negocia com você mesmo e mais se sente bem com o resultado, maior o nível que consegue atingir nas suas relações.

 

Se quer ter grandes relacionamentos, comece negociando e se vendendo para você mesmo. Se você não se compra, se você não se alinha, se você não se ama, também não irá encontrar isso nos outros.

Toda negociação começa com a pessoa que você vê quando se olha no espelho, lembre-se disso.

Um abraço e até a próxima.

Marcelo Felippe

BAIXE NOSSO EBOOK GRÁTIS

MAIS CLIENTES PARA O SEU NEGÓCIO

Se por um lado as redes sociais são ótimas formas de se divertir, elas também são peças-chave para um marketing digital de qualidade. Não à toa, cada vez mais empresas marcam presença nas principais redes sociais de modo a conseguir mais clientes. Mas você sabe que mesmo sendo um profissional liberal você também pode se aproveitar o uso dessas redes?

BAIXE O EBOOK AGORA

By | 2017-01-02T12:02:13+00:00 11 de maio de 2015|Relacionamento Humano|